Um atrativo à parte no evento Ídolos do Futebol, sábado (4), em Rio Negrinho, foi o árbitro Margarida. Aos 60 anos, Clésio Moreira dos Santos deu um show na interpretação do seu personagem. Vestido todo de rosa (inclusive a cueca), ele arrancou boas gargalhadas do público presente – a maior parte composta por torcedores do Corinthians. O ponto alto foi antes do apito inicial quando, no microfone, afirmou que Marcelinho era corintiano e ele, Margarida, são-paulino. Durante o jogo, o árbitro distribuía cartões amarelos aos atletas que perdiam gols feitos, abraçava os jogadores, dava beijo nos seguranças e bandeirinhas, entre outras brincadeiras. Margarida ainda "lançou" o VAR (árbitro de vídeo) na região, após um lance dentro da área. Ele foi atrás do gol, onde tinha uma televisão velha, desligada, e fingiu estar revendo o lance.
Fechar