Credores da Tuper S/A têm prazo de 30 dias para apresentar suas impugnações, caso queiram, para o plano de recuperação extrajudicial da companhia. O processo tramita no Fórum da Comarca de São Bento do Sul e o edital abrindo prazo para eventuais contestações foi publicado em A Gazeta na quinta-feira da semana passada, dia 1. Caso o plano não seja impugnado, o acordo será homologado e a empresa pagará os credores conforme cronograma estabelecido junto ao Judiciário. Enquanto isso a empresa segue trabalhando normalmente. Funcionários da companhia contam que existem demanda e serviço, mas o problema ainda está relacionado à matéria-prima, que chega em lotes menores. Além disso, contam que pouco sabem sobre o futuro da empresa devido à crise pela qual a empresa passa, mas torcem para que tudo se resolva o mais rapidamente possível.
Fechar