Leitora reclamar da demora de atendimento no Hospital e Maternidade Sagrada Família. Ela foi à unidade na sexta-feira passada, dia 3, e disse que seu pai precisou aguardar um longo período até ser atendido. "Várias pessoas aguardando horas e não chamam ninguém. Conversei no hospital e infelizmente não tem médico para atender a demanda. Quase cinco horas aguardando e depois meu pai foi atendido", relatou, em mensagem enviada às 18 horas de sexta. A coluna entrou em contato com o hospital. Foi informado que o atendimento dos médicos plantonistas permanece inalterado durante este período de início de ano. "Há, contudo, uma demanda maior de pacientes a serem atendidos. A demora do atendimento depende de diversos fatores, como a complexidade dos pacientes em atendimento. Isso pode exigir tempo maior de prescrição por parte dos plantonistas. E também da classificação de risco do paciente. Pessoas de menor risco aguardam maior tempo que pacientes de maior risco", explica o comunicado.
Fechar